Irritado com o barulho do culto homem invade igreja com revólver e facão

Para os que ainda acham que o barulho não leva as pessoas à loucura, recomendamos, primeiro, a leitura do excelente artigo de Roberto Duailibi intitulado “O Barulho Enlouquece” e, depois, o exame das notícias reproduzidas neste canal com inúmeros casos de violência como reação a perturbações sonoras.

O noticiário recente, por sua vez, não mostra cenário distinto. Vejam, por exemplo, o caso publicado no site MS Notícias dois dias atrás:

Irritado com o barulho do culto homem invade igreja com revólver e facão

“Homem entrou no local e subiu ao palco”

Foto: Reprodução/Osvaldo Duarte

Paulo Audiê Siqueira, 58, acabou preso na noite de ontem, domingo (6) em Dourados, após invadir igreja evangélica durante o culto. O caso ocorreu por volta de 21h40 na rua Antônio Emílio de Figueiredo.

Segundo o boletim de ocorrência, o homem entrou no local e subiu ao palco, onde havia dois pastores e um cooperador, tomando o microfone de um deles e a dizer que estava armado com facão e revólver.

Em seguida deixou a igreja e se deslocou até a parte de fora. Lá, começou a bater com a arma branca contra um veículo.

A polícia foi acionada e se deslocou até a região, conseguindo deter Paulo próximo dali.

Encaminhado ao 1º Distrito Policial, negou ameaças e disse estar irritado com o barulho, segundo ele, promovido nos dias de culto.

Na delegacia, acabou autuado em flagrante pelos crimes de ameaça, resistência, desacato, porte de arma e danos materiais.

Fonte (original): http://www.msnoticias.com.br
Por: Tero Queiroz
Data: 07/05/2018
Link para a matéria: Clique aqui para ver o original

912 total views, 2 views today

Esta entrada foi publicada em barulho, Notícias (Clipping), Perturbações Sonoras, Polícia, Templos Religiosos, Violência, vizinho e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Irritado com o barulho do culto homem invade igreja com revólver e facão

  1. O barulho é estressante, nao digo que a atitude seja correta, mas muitas nos candamos de nada ser feito, a ignorancia do povo irrita mais ainda…

Deixe uma resposta