Barulho: Icaraí lidera o ranking de reclamações

Fonte (original): http://oglobo.globo.com/niteroi/barulho-icarai-lidera-ranking-de-reclamacoes-3876139 

Por Renato Onofre – em 04/02/12

Estudo inédito aponta os principais vilões à Lei do Silêncio em Niterói: obras e músicas em bares e restaurantes


A arquiteta Cláudia com os filhos Ângelo e Isabela: reclamação do burburinho de bares da Rua Nóbrega, no Jardim Icaraí
Foto: Eduardo Naddar

A arquiteta Cláudia com os filhos Ângelo e Isabela: reclamação do burburinho de bares da Rua Nóbrega, no Jardim IcaraíEduardo Naddar

Bate-estaca, picaretas e betoneiras anunciam a construção de mais um prédio no Jardim Icaraí. Megafones berram promoções-relâmpago nas confusas ruas do Centro. A música do bar da esquina invade a madrugada de quem quer dormir. A cena é familiar? Um levantamento inédito da Secretaria municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS) aponta o barulho como a principal reclamação do niteroiense quando o assunto é o meio ambiente.

Veja também

Só no último ano, 85% das reclamações protocoladas na pasta foram de denúncias ao desrespeito à Lei do Silêncio. Os vilões: obras, bares, igrejas etc. Quem mais reclamou foram os moradores de Icaraí e Santa Rosa. Dos 207 processos abertos no município de janeiro de 2011 a janeiro de 2012, 58 foram no coração da Zona Sul. Entre as principais reclamações estão obras e músicas em estabelecimentos comerciais.

O barulho chegou ao Ministério Público, que instaurou 68 inquéritos para averiguar o desrespeito à lei. No município, 137 processos acabaram em notificação ou multa, que no ano passado chegaram a R$ 100 mil.

Nem mesmo as estrelas escapam do barulho. Há pouco mais de um ano morando em Niterói, a atriz Sonia Braga é reclamadora assídua do problema. No final do ano passado, por e-mail, ela relatou seu martírio. “Apesar da via-crúcis pelos órgãos responsáveis e apesar da disposição de todos nós, o desrespeito, irregularidades só pioram na minha rua. Estou consternada em ter que voltar aos senhores”, desabafou a atriz em mensagem enviado à secretaria

Segundo o promotor de Tutela Coletiva do Meio Ambiente e do Patrimônio Cultural, Luciano Mattos, o município precisa de um plano regular de fiscalização. Toledo explica que as fiscalizações são feitas a partir da reclamação, mas os técnicos aproveitam a ida a um determinado bairro para fiscalizar a região.

Outro vilão do silêncio, os bares, também estão na mira. A SMARHS estuda a inclusão do ruído gerado pelas conversar nas calçadas de bares e restaurantes.Para a arquiteta Cláudia Franceschini, que mora na Rua Nóbrega -— uma das campeãs de reclamações — o licenciamento para operação dos bares tem que ser revisto.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/niteroi/barulho-icarai-lidera-ranking-de-reclamacoes-3876139#ixzz1mlu3eg4x
.

406 total views, 3 views today

Esta entrada foi publicada em Notícias (Clipping). Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta