Seminário sobre Ruído Urbano aponta importância do debate sobre a poluição sonora

Fonte (original): http://www.rondoniadinamica.com/arquivo/seminario-sobre-ruido-urbano-aponta-importancia-do-debate-sobre-a-poluicao-sonora-,28188.shtml 

Publicada em 22/08/2011 – 11h54min / Autor: Assessoria

Stephan apresentou vídeos sobre o tema, explicando o que ocorre no organismo com o barulho exagerado e detalhando os efeitos do ruído na saúde da população

O Seminário sobre Ruído Urbano, Saúde Pública e Meio Ambiente reuniu autoridades, ambientalistas e estudantes do curso de fonoaudiologia no auditório da Biblioteca da Faculdade São Lucas, nesta sexta-feira, dia 19. O evento é uma promoção da São Lucas em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), e teve como objetivo discutir a situação do ruído urbano em Porto Velho, buscando soluções para um controle e melhoria da qualidade de vida e saúde da população.
O secretário-adjunto da Sema, Flávio Moraes, que fez parte da mesa principal do seminário, lembrou que a temática ambiental está presente hoje em todas as esferas da sociedade, “nos setores público, privado e também no terceiro setor”, disse. “Estamos aqui discutindo soluções novas para antigos problemas”, apontou.
O debate sobre a poluição sonora centralizou as manifestações durante todo o seminário. O diretor acadêmico da São Lucas, José Dettoni, destacou que é preciso que a sociedade abra os ouvidos para o problema do ruído urbano “para não tornar-se surda”, disse.
Primeiro professor universitário da disciplina de acústica no Brasil, o engenheiro alemão Stephan Paul, que há seis anos trabalha no Brasil, na Universidade Federal de Santa Maria (RS), veio a Porto Velho pela primeira vez, para participar do seminário. Stephan comanda no País a campanha do Dia Internacional de Conscientização sobre o Ruído, ao lado da rondoniense Isabel Cristiane Kuniyoshi, professora do curso de Fonoaudiologia da São Lucas.
Stephan apresentou vídeos sobre o tema, explicando o que ocorre no organismo com o barulho exagerado e detalhando os efeitos do ruído na saúde da população. No final da tarde, foi apresentado um estudo do ruído em Porto Velho, que deve servir de base para políticas públicas de combate à poluição sonora.
O Seminário seguiu até à noite, com exposição de estudos e ideias, oportunizando a reflexão sobre o tema. Após as 19h, ocorreram também apresentações feitas por técnicos da Sema, Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sedam), Ministério Público e Ibama-RO.

58 total views, 3 views today

Esta entrada foi publicada em Eventos, Notícias (Clipping). Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta