Ruído de ar-condicionado revolta vizinhos de faculdade de direito em SP

Something Wrong while submiting form.

Ruído de ar-condicionado revolta vizinhos de faculdade de direito em SP | Ribeirão e Franca | G1

Fonte (original): http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2016/06/ruido-de-ar-condicionado-revolta-vizinhos-de-faculdade-de-direito-em-sp.html

G1

RIBEIRÃO E FRANCA

Sudeste>Sao_Paulo_(Ribeirao_Preto)_0″ title=”3rd party ad content” name=”google_ads_iframe_/95377733/tvg_G1/Sua_Regiao>Sudeste>Sao_Paulo_(Ribeirao_Preto)_0″ width=”300″ height=”50″ scrolling=”no” marginwidth=”0″ marginheight=”0″ frameborder=”0″ src=”javascript:”

“” style=”border: 0px; font-family: inherit; font-size: 0px; font-stretch: inherit; font-style: inherit; font-variant: inherit; font-weight: inherit; line-height: inherit; margin: 0px; padding: 0px; vertical-align: bottom; box-sizing: content-box; -webkit-font-smoothing: antialiased;”>

Ruído de ar-condicionado revolta vizinhos de faculdade de direito em SP

Moradores reclamam conviver com problema há um ano em Franca. Instituição promete licitação em 4 meses e menos barulho em horas de pico.

08/06/2016 06h00 – Atualizado em08/06/2016 06h00

Do G1 Ribeirão e Franca

Vilma Fontana Rocha mora há 50 anos em uma casa ao lado da Faculdade de Direito de Franca(SP), mas recentemente tem pensado em se mudar. Ela e outros vizinhos do bairro São José reclamam dos ruídos emitidos por motores de um ar-condicionado instalado há um ano na instituição universitária.

“Não dá pra ficar ouvindo mais não, atrapalha. Para às onze da noite e começa às seis e meia da manhã. Perturba tudo, hora de almoço, jantar, é direto, não tem como sobreviver aqui mais”, reclama.

Bem nos fundos da faculdade, em uma das casas visitadas peloJornal da EPTV, um aparelho medidor captou a marca de 67 decibéis, intensidade acima do recomendado, entre 50 e 55, segundo apurou a reportagem.

A Faculdade de Direito, por outro lado, garantiu que em até quatro meses abrirá uma licitação para solucionar o problema. Também prometeu reduzir o ruído em alguns horários.

O setor de fiscalização da Prefeitura informou que avaliará o barulho e que pode notificar a faculdade, caso se confirme que o volume está acima do limite.

Aparelho de ar-condicionado em Faculdade de Direito incomoda moradores de Franca (Foto: Carlos Trinca/EPTV)

‘Um jato no fundo da casa’
Um dos moradores impacientes com a situação é Marcos Vinicius Naldi. Além de abaixo-assinado, ele diz ter chamado peritos e a fiscalização da Prefeitura, mas até agora não conseguiu acabar com o barulho. De acordo com a vizinhança, os motores ficam ligados diariamente das 6h30 às 23h.

“A impressão que temos é que parece que tem um jato no fundo de casa e que fica ligado ininterruptamente. O barulho sai da máquina e parece que se expande para todos os quintais”, afirma Naldi.

Para a aposentada Elisabete Fontana Rocha, que também vive nos arredores da faculdade, a instituição não dá exemplo ao permitir que o problema continue incomodando a vizinhança.

“Acho que é um desprezo muito grande quanto a nós que somos vizinhos e quanto à Faculdade de Direito, porque é uma faculdade de direito e está fazendo as coisas erradas”, diz.

O barulho que escuta dia após dia em sua casa, segundo ela, é ensurdecedor. “No meu modo de pensar é um aparelho arcaico que não se usa mais e eles estão teimando em tê-lo”, afirma.

Licitação sai em 4 meses, diz faculdade
Assessor jurídico e professor da Faculdade de Direito de Franca, José Sérgio Saraiva informou que a instituição não está insensível ao problema dos moradores, mas que a solução depende de uma licitação.

A previsão é de que o processo seja conduzido em até quatro meses até o início da execução do serviço nos motores. “O aparelho não pode ficar sem funcionamento, tendo em vista a sistemática e a orientação para o seu funcionamento”, afirma Saraiva.

Até lá, ele promete reunir-se com a vizinhança para verificar formas de amenizar a situação nos horários de maior incômodo.

“Penso que podemos conversar com os moradores para verificar qual horário que mais atinge e tentarmos usar o mínimo necessário até que se resolva o problema através dessa firma especializada”, diz.

Aparelho mostra intensidade do barulho na vizinhança da Faculdade de Direito (Foto: Carlos Trinca/EPTV)

1

COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

ENVIAR

RECENTES

POPULARES

Gabriela Santos

HÁ 3 HORAS

Parece o da minha vizinha e o pior ele fica bem na janela do meu quarto… e parece que ela faz de proposito, ela liga ele umas 21:00h e deixa a noite inteira… todos os dias!!! Ai ele desliga por 5 min e volta e fica uns 10 min ligados.. sinfonia maravilhosa durante a noite! Ainda bem que vou me mudar rs

Ribeirão e Franca›Homem é preso suspeito de matar mototaxista em Ribeirão Preto, SPSuspeito esperou vítima ficar sozinha no estabelecimento e atirou contra ela. Homicídio aconteceu na noite desta 3ª feira no bairro Parque Ribeirão Preto.há 14 minutosMuseóloga assume direção de museu após polêmica e furtos em RibeirãoMaria Luiza Clapis assume função na manhã desta quarta-feira (8). Daniel Basso foi exonerado após furto de fuzis e espadas no Museu Histórico.hoje às 09:32Cachorro como prêmio em bingo da igreja vira polêmica em Ribeirão PretoLei municipal proíbe animais como brindes ou premiação em sorteios e rifas. Paróquia se pronunciará após manifestação do Ministério Público, diz Cúria.hoje às 07:00

 6,297 total views,  11 views today

Esta entrada foi publicada em Escolas, Notícias (Clipping), vizinho. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta