Baile funk durante a quarentena!

Something Wrong while submiting form.

Jovens sem máscaras em baile funk na zona leste de SP

(Clipping) Moradores da zona leste denunciam baile funk em quarentena em SP

Por: Edilson Muniz, da Agência Record – 19/07/2020
Original:
Notícias R7 

Região é a que tem mais denúncias de eventos com aglomeração desde o início da pandemia do novo coronavírus. PM tenta dispersar a multidão

Moradores da zona leste de São Paulo denunciam som alto em um baile funk durante toda a noite deste sábado (18) e madrugada deste domingo (19) com jovens aglomerados e sem máscaras em plena pandemia de covid-19.

Leia mais: GCM acaba com festa clandestina durante quarentena na Grande SP

Uma denunciante, que não quer se identificada, gravou diversos vídeos durante a noite que mostram jovens aglomerados, consumindo bebida alcoólica e ouvindo som alto na avenida Caititu, no bairro Cidade A. E. Carvalho.

Segundo a moradora, o baile é recorrente e sempre muito movimentado. Já a Polícia Militar informou que recebeu uma solicitação para perturbação de sossego e deslocou equipes até o local para dispersar a multidão.

Veja também: PM faz operação para impedir bailes funk na zona leste de SP

A zona leste de São Paulo é a região com mais denúncias de bailes funk desde o início da pandemia do novo coronavírus. A Agência Record recebeu dez queixas de perturbação de sossego em endereços na região.

Durante a madrugada do sábado (18), a Polícia Militar realizou uma operação denominada Paz e Proteção, onde apenas na Fazenda da Juta, 39 pessoas foram abordadas e 26 veículos foram vistoriados.

Festa clandestina

As Polícias Militar e Civil foram acionadas para encerrar uma festa clandestina que estaria acontecendo em um local chamado Sítio do Gilsão, também na zona leste de São Paulo.

Leia ainda: Moradores da zona leste denunciam baile funk e aglomeração em SP

De acordo com denunciante que não quis se identificar, o sítio está localizado na rua Hisaji Morita, no bairro da Fazenda do Carmo, e reúne muitos jovens apesar da quarentena.

Agentes do 28° Batalhão de Polícia Militar e do 53° DP do Parque do Carmo afirmaram que foram acionados para o local e as equipes estavam em deslocamento.

Veja mais: Prefeitura de Rio Preto (SP) proíbe venda de bebidas alcoólicas

No entanto, de acordo com a Polícia Civil, os agentes decidiram voltar porque o número de pessoas na festa era grande e não havia segurança para os policiais.

Leia na fonte desta notícia (original): R7 notícias

 327 total views,  33 views today

Esta entrada foi publicada em Festas, Notícias (Clipping), Pancadão, Pancadões, Polícia e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta