Vizinhos famosos perturbam o sossego de moradores anônimos

Folha de S. Paulo (22/08/2010)
Link do original: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/imoveis/ci2208201001.htm 

ADRIANA ABREU
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Entra e sai de seguranças, jornalistas na porta e benefícios da fama incomodam condôminos
Ruído, festas e muitas visitas são as queixas mais frequentes de quem mora ao lado de uma celebridade

Para alguns, ser vizinho de uma celebridade pode significar status. Para outros, é sinônimo de falta de privacidade, constante assédio da imprensa e confusão.
Em São Paulo, bairros como Higienópolis (centro), Perdizes, Pompeia, Itaim Bibi, Jardins, Morumbi (zona oeste) e Moema (zona sul) concentram conhecidos.
Neles, não é raro ver carros sendo escoltados por seguranças ou prédios com concentração de jornalistas.
“Isso deixa as pessoas assustadas, instiga a curiosidade dos fãs e incomoda os condôminos”, afirma Marcelo Dadian, diretor da regional paulistana da incorporadora e construtora Rossi.
E ser vizinho do presidente da República? O designer G.C., 22, acha um exagero os privilégios dados a Luiz Inácio Lula da Silva no prédio em São Bernardo do Campo (SP). “Ele tem prioridade para pegar o elevador e na saída da garagem.”
FINAL FELIZ
Enquanto há celebridades que optam por levar uma vida discreta, outras tiram o sossego da vizinhança.
Em um condomínio na Pompeia (zona oeste), o guitarrista da banda NX Zero, Gee Rocha, é conhecido para além da fama. “Quando visitei seu apartamento, me assustou a quantidade de instrumentos em 75 m2”, conta a vizinha Andrea Rogick, 42.
Foram seis meses de guerra, reclamações, insatisfação e muitas multas. O final feliz só veio quando o guitarrista decidiu fazer o isolamento acústico de seu apartamento -que ainda está em obras.
Apesar do consenso nas reclamações, o advogado especialista em condomínios Márcio Rachkorsky relativiza o problema. Segundo ele, o rigor com que os vizinhos tratam os ilustres é maior.
“Parece que os ouvidos ficam mais aguçados quando o barulho vem do apartamento do famoso. Condomínios de alto padrão também têm problemas com garagem, briga entre moradores e fofoca”, completa.
Por conta de famosos com péssimo histórico de convivência em condomínio, alguns compradores chegam a desistir da aquisição do imóvel ao saber o nome do vizinho, diz Dadian, da Rossi.

Barulho é o principal motivo de brigas

Indiferença pelas regras e desejo por tratamento especial são práticas de alguns famosos nos condomínios
Celebridades não devem ser isentadas de multas e têm de ir à assembleia se causarem problemas para o condomínio
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Não é só em prédio de famosos que problemas com o barulho dos vizinhos acontecem. Festas e comemorações em casas e condomínios representaram 31% das reclamações registradas pela Polícia Militar na capital paulista no primeiro semestre do ano.
A diferença se dá na reação de celebridades, que demonstram pouca disposição em cumprir a convenção condominial.
“Alguns pensam estar acima das regras”, diz o advogado Alexandre Marques.
Marques cita uma frase dita por um famoso, cujo nome não foi revelado, em um dos condomínios em que realiza assembleias de reconciliação: “Só o fato de eu morar aqui já valoriza o patrimônio de todo mundo”.
O advogado Márcio Rachkorsky conta outro caso, o de um famoso que queria que o helicóptero pousasse às três horas da madrugada no heliporto do edifício.
Para ele, celebridades não têm privilégio. “A responsabilidade delas é maior, pois são modelo para muita gente”, acrescenta.
EXCESSOS
No prédio do Tatuapé (zona leste) em que mora a advogada Aline Oliveira Silva, 26, e os jogadores do Corinthians Defederico e Chicão, houve problemas em junho.
“Ele [Chicão] fez uma festa no salão do prédio e, devido ao excesso de barulho e violação do horário permitido, os vizinhos reclamaram e ele foi multado”, conta.
Em casos como esse, a advogada Josicler Marcondes diz que não basta aplicar a multa. “É preciso realizar uma assembleia com a presença do infrator para decidir qual será a punição, seja ele famoso ou não.”
Caso o morador persista na falta, os vizinhos podem chamar a polícia e até mesmo entrar na Justiça.
MERCADO
Em vez da valorização causada pelo nome dos vizinhos, Marcelo Dadian, da Rossi, afirma que compradores podem desistir do local em função da presença de famosos.
Aida Maria Marques, vice-presidente do Sindicato dos Corretores de Imóveis no Estado de São Paulo, afirma que a presença de famosos em um condomínio não afeta o preço do apartamento.
Já o corretor de imóveis Antônio da Silva Filho, da imobiliária Kauffmann, pondera: “Vizinhos famosos podem afastar quem quer sossego, mas o bairro se beneficia da segurança que é oferecida às celebridades”. (AA)

Esse post foi publicado em Artigos, Notícias (Clipping). Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s