Irritado com som alto, morador de Esteio mata um e fere outras três pessoas

Além de todos os atingidos, homem ainda tentou acertar dois jovens

Fúria no feriado07/09/2015 | 17h33

Fonte (original): http://diariogaucho.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2015/09/irritado-com-som-alto-morador-de-esteio-mata-um-e-fere-outras-tres-pessoas-4842531.html

Irritado com som alto, morador de Esteio mata um e fere outras três pessoas Eliandro Lauermann/Arquivo pessoal

Renato Dornelles

renato.dorneles@diariogaucho.com.br

Uma pessoa morreu e três ficaram feridas, uma delas com gravidade, em um dia de fúria de um morador da Vila Ezequiel, em Esteio, na tarde desta segunda-feira.

O início de tudo foi um carro de som que fazia anúncios para o comércio da região. Quando o veículo parou em frente à sua casa, um morador de 58 anos, cuja identidade ainda não foi revelada pela polícia, começou a discutir, alegando que, pelo feriado, “o dia era de descanso” e o serviço de som não poderia ser realizado.

Dois jovens irmãos que residem na casa ao lado teriam discutido com o morador que reclamava. Ainda mais revoltado, ele teria pego a arma, invadido a casa dos dois jovens e tentado matá-los. Porém, não acertou os tiros.

Ao ouvirem os disparos, frequentadores de um bar próximo começaram a xingar o atirador. Isso o deixou ainda mais nervoso e ele, então, foi ao estabelecimento, onde retomou os tiros, desta vez acertando as vítimas.

Baleado na cabeça, um homem morreu no local. Outro levou um tiro na nuca, outro foi ferido no braço, e uma mulher, para proteger o filho de oito anos, colocou-se à frente do atirador e foi levou dois tiros no tórax. Os três feridos foram levados ao Hospital São Camilo. A situação mais grave é a do baleado na nuca.

Após cometer os crimes, o atirador fugiu em uma moto vermelha. De acordo com o chefe da Seção de Investigações da Delegacia de Esteio, André Silva, o homem já tinha antecedentes criminais por tentativa de homicídio.

— A prisão preventiva dele deverá ser solicitada à Justiça, por um homicídio e cinco tentativas (incluindo as dois jovens vizinhos) — informou o policial.

O atirador mora sozinho na Rua Dido Possamai, 105. Após sua fuga, houve uma tentativa de saque à casa dele. 

451 total views, 6 views today

Esta entrada foi publicada em Aspectos Penais, Automóveis, Bares, Homicídio, Violência. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta